Atualmente existem quase infinitas linguagens de programação e é natural que os iniciantes fiquem confusos na hora de escolher uma. Há linguagens para todos os gostos e usos e dificilmente haverá algum consenso quando a pergunta for sobre qual escolher.

Se você está lendo esse post é porque provavelmente quer se tornar um programador ou começou a estudar programação em algum lugar mas ainda não está certo se está estudando a melhor linguagem.

As linguagens de programação, apesar de extremamente importantes na vida profissional de um programador, são apenas ferramentas usadas para se alcançar algum objetivo que geralmente é resolver o problema de um usuário.

Martelos e chaves de fenda também são ferramentas, mas uma delas é mais indicada do que a outra quando a necessidade é pregar um prego. Uso essa analogia para dizer que a escolha de uma linguagem de programação deve ser baseada principalmente na natureza do problema que se quer resolver.

Se sua intenção for desenvolver aplicativos para rodar em celulares talvez a melhor escolha seja aprender Java (plataforma Android) ou Swift (plataforma iOS). Para desenvolvimento de pequenos websites ou blogs a melhor escolha possivelmente será PHP, mas se quiser trabalhar em empresas mais tradicionais provavelmente terá que aprender C# enquanto que possivelmente teria que aprender Ruby se quisesse trabalhar em uma startup. E se quiser desenvolver jogos provavelmente C++ e Python seriam boas escolhas.

Escolher uma linguagem de programação voltada ao seu objetivo de carreira tornará o aprendizado mais divertido e evitará frustrações, pois você verá os resultados muito mais rapidamente.

Até algum tempo atrás a maioria das universidades colocavam a linguagem C como a primeira a ser aprendida, porém muitos alunos se decepcionavam ao ver que o mercado para profissionais dessa linguagem era muito mais restrito em comparação com outras linguagens mais “comerciais”.

Agora, se você quiser ter um conhecimento mais abrangente ou se ainda não sabe que rumo tomar quanto à carreira ou os tipos de software que quer desenvolver, existem linguagens como C# e Java que são muito versáteis e permitem criar software para diversas plataformas (mobile, desktop, web, jogos e dispositivos embarcados).

Seja qual for sua escolha é bom deixar claro que seu foco deve ser aprender muito bem não só a linguagem mas também os fundamentos da programação (variáveis, estruturas de controle, estruturas de repetição, algoritmos e etc).

Uma coisa que vai te tranquilizar em sua escolha (ou não, caso você seja muito preguiçoso) é que um programador aprende várias linguagens de programação ao longo de sua carreira e, por isso, falei da importância de se aprender bem os fundamentos da programação.

Ainda assim, depois de tudo que eu disse, se você ainda estiver procurando por uma resposta mais direta, vai minha dica: aprenda C#.

C# é uma linguagem de programação para propósito geral e é usada em muitas grandes empresas de diversos segmentos. É uma linguagem amigável para os iniciantes uma vez que sua sintaxe  é muito próxima do idioma inglês e, além disso, existe uma grande comunidade online que sempre pode ajudar quando tiver alguma dúvida.

Outro fator que pesa a favor de se aprender C# é o ambiente de desenvolvimento do Visual Studio Community que é uma IDE gratuita para estudantes e permite iniciar os estudos sem que tenha a necessidade de ficar baixando um monte de software de locais diferentes (existe versão para Mac também).

Para desenvolvimento em plataforma Windows não há outra linguagem melhor já que tanto o sistema operacional quanto à linguagem de programação foram desenvolvidos pela Microsoft.

De acordo com a mais recente pesquisa do site Stackoverflow a linguagem C# é a quarta mais popular no mundo.

Como disse no início, dificilmente haverá consenso na recomendação de uma linguagem de programação. Tenha em mente que a linguagem de programação é só uma ferramenta e que você aprenderá diversas delas ao longo de sua carreira, mas nunca se esqueça de que o mais importante é aprender os fundamentos de programação que lhe acompanharão por toda sua vida de desenvolvedor. Boa sorte!